sexta-feira, 12 de junho de 2009

Criação do GTA, GETAM e GATI

 

A Polícia Militar de Sergipe ganha helicóptero, hangar e novos veículos para o policiamento ostensivo no Interior e na Grande Aracaju

Na tarde desta segunda-feira, 8 de Junho de 2009, foi realizada a solenidade de criação do Grupamento Tático Aéreo (GTA), com a apresentação de um helicóptero que(''infelizmente'') foi locado para atuar em situações de emergência policial, radiopatrulhamento aéreo, defesa civil, além de missões de busca e salvamento e apoio a órgãos públicos. (''Impressionante como a Segurança Pública ainda é desvalorizada, mesmo no auge de sua valorização. Como pode Governo de Sergipe, com tanto dinheiro, apenas locar um helicóptero ao invés de comprá-lo. Mais um jogo político para vocês se deliciarem'').

7_3

GTA - Grupamento Tático Aéreo

Também foi realizada a entrega oficial de veículos que equiparão o Grupamento Especial Tático de Motocicletas (Getam) e o Grupamento de Ações Táticas do Interior (Gati). Foram entregues, respectivamente, 27 motocicletas novas, sendo 20 de 660 cilindradas e sete de 250 cilindradas, além de quatro viaturas Blazer, que já integravam a frota da PM.

O coordenador do GTA, é coronel Maurício Iunes, as motocicletas do Getam, estão sob o comando do capitão Gilmar Santana, e comandando o Gati, está o major Hilário Santana.

Na ocasião também foi realizada a inauguração do hangar que leva o nome do major Álvaro Jorge da Silva, morto num acidente aéreo em 2007, que fora um dos entusiastas para a criação do grupamento aéreo da PM.

Estrutura de segurança

“Segundo dados do Ministério da Justiça, Sergipe é hoje o estado que mais investe em segurança pública no Nordeste brasileiro. São investimentos como esses que, além de aumentar a proteção da sociedade, dão condições efetivas para que os homens possam trabalhar com mais segurança, conforto e eficiência”, argumentou o governador ao explicar a importância do ato. (''KKKKK - Vocês acreditam nisso??? Nossa Segurança Pública vai de vento em polpa, e os nosso combatentes, são os que possuem ótimas condições de trabalho, não trabalham bem porque não querem, e tem mais, a nossa sociedade tem uma ótima proteção. Vai ver que esses crimes por aí são apenas passa tempo, para não desempregar milhares de policiais; juízes; advogados; e assim vai. kkkk - Piada galera'')

O governador também citou ferramentas como o novo Ciosp 190 ( ''Só liguem se tiverem papel e caneta na mão, para anotar o número de protocolo, isso mesmo,não é a Oi, é o novo 190'') , que agregam tecnologia e inteligência no planejamento e execução de operações policiais.

''Suposta'' Economia

Sobre a aeronave incorporada aos serviços da PM, o governador esclareceu que pelas vantagens na relação custo/benefício, foi efetuada a locação do equipamento, através do Departamento Estadual de Trânsito (Detran), por R$ 4 mil/hora, já incluindo manutenção e combustível. A despesa mensal gira em torno de R$ 120 mil (''Minhas contas não deram isso não. Não sei que está errado''). Anteriormente, o helicóptero era alugado por R$ 3,2 mil, mas o combustível era pago pelo Estado.

(''Só a título de informação e curiosidade, um helicóptero Esquilo novo, ''na caixa'', custa em torno de R$ 3 milhões, o que daria pra ser pago em 25 meses com os R$ 120 mil/mês do aluguel.'')

O helicóptero Esquilo tem autonomia para voar durante 2,5 horas e é uma das aeronaves mais empregadas em todo o mundo para o trabalho policial devido às características de mobilidade e robustez.

Finalidades dos Grupamentos

O novo Grupamento de Motocicletas (Getam), tem como finalidade combater, principalmente, os assaltos realizados por motociclistas na Grande Aracaju, e fiscalizar o trânsito. O grupamento pertence ao Batalhão de Policiamento de Trânsito e é subordinado operacionalmente ao Comando de Policiamento Militar da Capital (CPMC).

4_31

GETAM - Grupamento Especial Tático de Motocicletas

Já o Gati, composto no primeiro momento por 20 policiais militares oriundos do Batalhão de Choque e que já passaram por treinamentos e operações na Força Nacional de Segurança Pública, está vinculada ao Comando do Policiamento Militar do Interior (CPMI) e foi criado para reforçar o patrulhamento preventivo e reforçar ações de repressão a crimes de maior potencial ofensivo em cidades do interior do estado.

3_45

GATI - Grupo de Ações Táticas do Interior

Texto original retirado de http://www.pm.se.gov.br/pm.php?var=1244544562

Fotos: Márcio Dantas/ASN

Um comentário:

João Paulo disse...

Gostaria de saber como é possível fazer parte do grupamento, quais são as exigências?